Menu

Conhecem o título do livro: “Tanta roupa e nada para vestir”. É como eu me sinto nestes últimos dias. Não consigo escolher nada que me agrade, o meu roupeiro já é pequeno para tanta roupa e há dela que nem lembro de vestir por estar guardada e muito bem guardada. É o que dá não ter um roupeiro como se vê nos filmes, como o da Carrie, do “Sexo e a Cidade”. Isso é que era, podia ter a roupa toda organizada por secções, ter os meus sapatos por tipo e cores, vestidos, calças, saias, camisas, túnicas, and so on. Quando eu for rica, vou ter um roupeiro assim. E por falar nisso, deixa-me jogar no Euromilhões, a ver se é desta. Nunca se sabe.

Comments (0)

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *


seven − 7 =