Menu

Isto do trabalho, tem muito que se lhe diga. Há quem prefira, e passo a citar, morrer de tédio a ter muito trabalho, outros há que não fazem puto, mas já começam na segunda-feira com comentários no Facebook do género – que chatice, já é segunda-feira! – como se fossem dedicar-se imenso durante a semana. Outros passam os dias no facebook, em vez de trabalhar, enquanto os burros (só lhes faltam as orelhas e estarem virados para a parede) trabalham a dobrar, para compensar o volume de tarefas daquele que continuam no bem bom.

Atenção, os que não fazem puto podem muito bem ser aqueles que passam os dias no Facebook e preferem morrer de tédio a ter muito trabalho, mas há uns que são mais extremistas do que outros e então decidem aproveitar o seu tempo livre, que equivale ao horário de trabalho, para tratar de assuntos pessoais, de pôr a conversa em dia com os amigos e ainda arranjar tempo para ligar à mãe, ao tio, ao primo e ao gato.

Nestas situações, é fácil distinguir os que têm o emprego daqueles que têm um trabalho. Claramente, os que têm um emprego, esforçam-se por ocultar o que fazem, enquanto que os que têm trabalho, fazem questão de mostrar trabalho feito.

Há que ter limites, meus amigos, zz, zz! Mas isto é só uma sugestão, estão à vontade, vá lá!

Desejo-vos uma boa semana de trabalho!

Comments (0)

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *


eight − 6 =