Menu

Será que vale o esforço?


Estamos em tempo de fazer decisões, das difíceis, que implicam arriscar, sair da nossa zona de conforto. Ao arriscarmos, estamos a desafiar a sorte, ao mesmo tempo que tentamos dar um novo rumo ao nosso futuro. A maioria das pessoas, mesmo as insatisfeitas, acomodam-se à ideia, à estabilidade, à segurança que o empregador lhes oferece. O T. não, ele quer mudar, evoluir. São várias as portas que se lhe abriram, resta saber qual será a mais indicada e a que trará maior proveito. Mas para isso, precisa de arriscar, precisa do meu apoio e o da família. O meu receio é grande. Apesar disso, sei que ele sentir-se-á mais realizado, porque não estará submisso a outros, não terá de cumprir horários, embora tenha de saber gerir o seu tempo, e vai estar a fazer aquilo que realmente gosta, que é o que verdadeiramente interessa. Nos tempos que correm, é dífícil tomar uma decisão deste grandiosidade. Eu acredito no trabalho dele, sei que ele é capaz de muito mais e que, neste momento, não o valorizam. Ele terá de perder, para depois ganhar.

Eu acredito que irás conseguir, mas confesso que estou apreensiva. Ainda não te consigo dizer que estás a tomar a decisão certa, posso dizer-te sim, que confio em ti e dou-te toda a força do Mundo para lutares pelo que ambicionas. Sei que irás longe, pois desde sempre foi este o teu sonho. E como o sonho comanda a vida…

Comments (0)

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *


+ two = 6