Menu

Ligado à informática era de esperar que tivesse um destes há muito! Mas não! Recomenda-se, ajuda-se, faz-se… sempre para os outros. Para mim é que nunca surgiu a oportunidade e vontade.  Para quem não sabe ainda, eu sou o maridinho desta menina que escreve por aqui. Adiante, aqui vai!

impatient in traffic

O que é a paciência? Bem… eu não sei explicar, porque o que tenho em abundância é, como podem imaginar, o oposto! Não, não sou eu a dizer. Até porque, claro, não me vejo assim, mas se a cara metade argumenta que sim, talvez seja melhor dar ouvidos! Pronto, talvez não seja assim que me olhe, mas é bom pensar que sim. Sempre fui impaciente e agora que vivemos juntos, muito a minha doce tem de aturar. Não acreditem em mim, leiam o que a menina escreve!

Mas não pensem que vida de “macho” é fácil. É desde a espera na escolha da roupa, à maquilhagem, a ver lojas e muitas outras coisas que não caberiam aqui! Conseguem ver o problema através dos olhos de um impaciente?

No fundo, cada um de nós tem uma veia de impaciência, só desperta conforme as ocasiões. A mais comum será talvez a tão abominável fila de trânsito! E agora, já conseguem relacionar-se comigo? Muito poucos resistem a tão terrível armadilha. Tantos “impacientes” esta fila cria, coitados. Gente paciente? Não conheço, devem ser daquelas “aves” raras e então com esta vida a mil à hora. Good luck with that!

Pá, querem saber? Isto de bloguices até tem a sua piada. Nem que seja para rir um bocado de mim próprio!

Comments (0)

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *


six × 4 =