Menu

fim-de-semana

Enjoy your life

Há que viver e apreciar cada momento como se fosse o último…

Não me esqueci do meu cantinho, apenas passei por uma mudança de horário e a minha vida vira do avesso, quando isso acontece. Bom fim-de-semana! Kiss Kiss.

You and me = one

Estava eu a lavar os dentes, de manhã, quando o T. passa pela porta e eu pergunto-lhe, com a boca cheia da espuma da pasta de dentes, se ele já tinha lavado os dentes. O mais incrível é que nem eu percebi o que perguntei, mas ele sim. Nesse momento, dei-me conta do quão nos entendemos e estamos em sintonia, em praticamente tudo. Pode parecer um exemplo estúpido, mas é nestas simples rotinas que nos apercebemos do grande sentimento que nos une e da grande cumplicidade que compartilhamos.

Continue reading

Fim-de-semana em casa

Mais uma semana de trabalho que passou a correr. E que, por sinal, não acabou da melhor forma. Já sentia o corpo dorido logo pela manhã de Sexta, por isso a vontade de trabalhar era muito pouca e o desejo que o dia passasse a correr, ainda mais depressa, era grande. Só podia ser gripe, pensei eu! Não me enganei, afinal de contas, já me conheço há umas quantas décadas. Felizmente, ou infelizmente, a febre só apareceu à noite e teimou em acompanhar-me até ao fim do dia de ontem. Claro está que só sentia-me bem a dormir ou a ver televisão na cama, bem quentinha. O T. fez-me companhia praticamente o dia todo e, inclusive, preparou o almoço. É tão fofo e atencioso, o meu lindo! Hoje já estou melhor, pelo menos já consegui sair da cama. Ou melhor, passei da cama para o sofá, mas já me sinto melhor, já não tenho febre nem sinto tonturas, como ontem. Uma coisa mantêm-se desde ontem, não saí de casa e passei o tempo quase todo a ver televisão. Posso resumir este fim-de-semana em uma palavra: descanso. Mas não o recomendo a ninguém, pelo menos nas mesmas circunstâncias. O que não me pode falta neste momento, são estes amiguinhos.

E já estamos quase…

…no fim-de-semana!!!

E eu só penso em estar assim:

Só me falta mesmo é o sofá e o cão!

Por enquanto, vou sonhando com outras salas…

Bom fim-de-semana!

Em lista de espera

Nunca vos aconteceu estar a ler um livro a não sei quanto tempo, que até é um bocado aborrecido mas custa deixar a meio, e entretanto comprar outro que querem mesmo ler e acabar por não ler nem um outro durante um, dois, três meses. Talvez não, devo ser só eu! Os meus livros geralmente ficam a acumular-se na prateleira e quando chega a vontade é lê-los um atrás do outro. Ou pelo menos, a esperança que assim seja, é muita. Vou portanto mostrar-vos a minha ordem de leituras para a próxima temporada: Os olhos amarelos do crocodilos, da Katherine Pancol; Um Dia, do David Nicholls; O Rapaz dos olhos azuis, da Joanne Harris.

Mas devo confessar que estou de olho em mais 6 livros: Comer, orar, amar, da Elizabeth Gilbert; Sunset Park, Paul Auster; Os Pilares da Terra, volume I e II, e a Queda dos gigantes, de Kenet Follett. Para os que estão indecisos no que me oferecer para o Natal, já não podem dizer o mesmo a partir de hoje.

Já consigo sentir o fim-de-semana a aproximar-se e a vontade de ler um livro é grande, vamos ver se eu consigo concretizar a minha vontade.

It’s a new day…

Parece que passamos o teste. Depois de um dia de muita chuva, acordei com o sol a dar o ar da sua graça. Afinal de contas, vivo numa ilha sub-tropical e com todos estes microclimas, não admira que estejamos com dias de sol, depois da “tempestade” de ontem. O pior já passou, graças a Deus, e parece-me que vamos ter um fim-de-semana em grande.  Pelo menos assim o espero, apetece-me sair de casa, passear, namorar, ver montras (saudadddddess!!), ter sol, muito sol.

É incrível como o nosso estado de espírito varia consante o estado do tempo. Ontem estava uma pilha de nervos, por não poder sair do trabalho, enquanto via meio Funchal já em casa, por pensar mil e uma coisas terríveis que poderiam acontecer, por ter entrado água dentro do escritório (não me perguntem, também eu ainda não percebi como nem porquê) e parecer que lá dentro estava a chover mais do que fora. E por não ter conseguido ir almoçar, devido aos rios de água que corriam nos passeios. Saí, quando ainda estava a chover pouco, com intenção de almoçar, intenção essa que falhou, não me restando alternativa senão voltar ao escritório e ter de meter os pés todos dentro de água para conseguir entrar no Edifício. Mais tarde, quando a chuva deu tréguas, fui buscar um prego* no bolo do caco ao bar ao lado. Hoje estou feliz, por já termos de passar pelo mesmo, por estar um dia lindo com sol e por estarmos quase quase de fim-de-semana.

*Prego é o mesmo que dizer bife de vaca no pão.

Mudando de assunto, li algures por aí que há, pelo menos, um blogger que faz do seu blog uma espécie de horário(não diário, perceberam a lógica, não?!). Será que ainda não se deu conta que existe o Twitter para esse tipo de notas?

A pensar no fim-de-semana

O bolo de chocolate afinal estava uma delícia. Parece que até tenho jeito para a coisa. A ver se experimento novas receitas no fim-de-semana, ou arranjo tempo para o fimo, que está ali esquecido na caixinha…

Sofás, conforto vs dinheiro

A mobília do quarto está prestes a chegar e já estamos a pensar no sofá. Não queremos um sofá desconfortável, porque afinal de contas é nele que desfrutaremos o maior tempo quando estivermos em casa, nem queremos um sofá que tire-nos muitos meses de ordenado. Agora é a altura certa para começar à procura, uma vez que a maioria das marcas está em saldos.

Dada a variedade de marcas, a nossa escolha deverá recair sobre uma marca que é reconhecida pelo conforto e elegância dos seus sofás. E devemos optar por pele, na cor branca, com chaisse longue. Depois dou-vos conta da nova aquisição. 🙂

Aproveitem o bom-fim-de-semana que têm pela frente! Eu vou aproveitar o meu, à beira-mar, com sol, calor e pernas ao léu.

Fim-de-semana

Com o fim-de-semana chega a ilusão que temos imenso tempo para fazer aquilo que mais gostamos!! Estar com família, amigos, recomeçar o nosso projecto pessoal, há tanto tempo abandonado, namorar muito,passear imenso e depois nunca é que como nos imaginamos. Acabamos sempre fazendo uma pequena parte daquilo que idealizamos..talvez sou só eu…ou não!!Talvez não haja tempo, ou não queremos ter tempo para tudo…talvez só nos apeteça ficar a dormir até tarde, estar na praia o dia todo ou mesmo ficar uma tarde inteira a ver filmes.

Fim-de-semana pela frente, muito sol, mar, azul e a cozinha já pintada!