Menu

televisão

Fim-de-semana em casa

Mais uma semana de trabalho que passou a correr. E que, por sinal, não acabou da melhor forma. Já sentia o corpo dorido logo pela manhã de Sexta, por isso a vontade de trabalhar era muito pouca e o desejo que o dia passasse a correr, ainda mais depressa, era grande. Só podia ser gripe, pensei eu! Não me enganei, afinal de contas, já me conheço há umas quantas décadas. Felizmente, ou infelizmente, a febre só apareceu à noite e teimou em acompanhar-me até ao fim do dia de ontem. Claro está que só sentia-me bem a dormir ou a ver televisão na cama, bem quentinha. O T. fez-me companhia praticamente o dia todo e, inclusive, preparou o almoço. É tão fofo e atencioso, o meu lindo! Hoje já estou melhor, pelo menos já consegui sair da cama. Ou melhor, passei da cama para o sofá, mas já me sinto melhor, já não tenho febre nem sinto tonturas, como ontem. Uma coisa mantêm-se desde ontem, não saí de casa e passei o tempo quase todo a ver televisão. Posso resumir este fim-de-semana em uma palavra: descanso. Mas não o recomendo a ninguém, pelo menos nas mesmas circunstâncias. O que não me pode falta neste momento, são estes amiguinhos.

É oficial, acabaram-se as obras

É com muita alegria que vos posso dizer que as obras na nossa casa chegaram ao fim. Depois de longos meses, a casa está pronta. Este fim-de-semana bem que podia ter sido bem passado, a fazer compras de natal, a descansar, a ver televisão ou a ler um livro. Mas não! Foi passado a fazer limpezas. É por essa razão que, hoje, consigo mais facilmente enumerar aquilo que não me doí. E é com algum frustração que vos digo que ainda não conseguimos deixar tudo limpo. Ainda falta parte da cozinha, a varanda, as portas de vidro de acesso à varanda (que neste momento parecem-me imensas) e a lavandaria. Depois de concluída esta parte, o meu menino vai ter que colocar as luzinhas no tecto, que são imensas (mesmo), os espelhos das tomadas e interruptores e substituir os varões dos roupeiros. Só depois é que vamos começar a trazer o amontoado de coisas que estão na arrecadação. Hoje quero folga!

Me, my sleep and you

Ontem, falei-vos que o T. anda com muito trabalho e é muito díficil arranjarmos algum tempo para nós. E ainda mais complicado é, durante a semana. Muitas vezes, enquanto ele trabalha, eu tento entreter-me a ver televisão, navegar na internet, ler uma revista ou livro, mas acabo sempre por adormecer. Tenho andado cansada, sem forças e de certa forma desmotivada. O T. já anda há imenso tempo a tentar convencer-me que eu preciso de fazer qualquer coisa, para ocupar o tempo. Por um lado, ele tem razão. No meu ponto de vista, o que eu preciso mesmo é de vitaminas (e de ir às compras). Mas, falando um pouco mais a sério, preciso de ter uma outra paixão na vida. Falta-me um hobbie, que me preencha, que me dè energia e ânimo. Tenho sempre intenção de fazer mil e uma coisas e depois acabo não fazendo nada. Acreditem, as minhas intenções são boas, a vontade é que se perde pelo caminho. E já decidi! A minha primeira resolução para 2011 vai implicar uma mudança radical: vida nova, casa nova, logo, hobbies novos. Oh yeah!. Segunda resolução de 2011 será não desistir da primeira resolução.